Tecnologias e equipamentos neozelandeses para a rentabilidade agropecuária

Reunidas, em Cosmorama, interior de São Paulo, empresas ligadas ao agronegócio da Nova Zelândia apresentarão a produtores e profissionais do setor seus equipamentos e tecnologias voltados a práticas da produção leiteira e agropecuária.

São Paulo, maio de 2016 – Profissionais e produtores ligadas a agropecuária, provenientes de todas regiões do Brasil, têm encontro marcado no próximo dia 13 para conhecer as mais recentes tecnologias e equipamento das principais companhias da Nova Zelândia presentes no Brasil. Na ocasião ocorre a quarta edição do Dia do Campo, na Estância João Luis, em Cosmorama, interior de São Paulo.

Você sabia?

“A Nova Zelândia participou do primeiro evento realizado na Estância João Luis e estamos muito felizes em voltar ao evento este ano”, afirma Ralph Hays, Comissário de Negócios da Nova Zelândia e Cônsul Geral da Nova Zelândia no Brasil.

“O Dia de Campo tem se tornado um evento muito importante para aproximar interesses de diferentes públicos envolvidos na produção leiteira a fim de construir parcerias que possam responder aos desafios locais sobre produtividade, rentabilidade, segurança de alimentos, sustentabilidade e melhores práticas. E as empresas da Nova Zelândia têm muito conhecimento a compartilhar com os stakholders do setor”.

Nomes imporantes desta indústria e com reconhecimento mundial em seus segmentos, como Tru-Test, LICNZBrasil e PGG Wrightson Seeds, têm presença confirmada no estande organizado pela New Zealand Trade & Enterprise (NZTE), a agência de promoção de comércio internacional e desenvolvimento econômico da Nova Zelândia. A companhia Pacific Aerospace, que desenvolve aeronaves utilitárias versáteis, e acaba de chegar ao Brasil, também estará presente.

Caroline Bilkey, Embaixadora da Nova Zelândia no Brasil; Ralph Hays, Comissário de Negócios da Nova Zelândia e Cônsul Geral da Nova Zelândia no Brasil; Cássio Polli, Diretor Executivo da Aerie Aviação Executiva; Barry Allison, Gerente Geral da LICNZBrasil na América do Sul; Homero De Boni Junior, Diretor Executivo da PGW Sementes na América do Sul, e Ernesto Coser, Gerente Comercial da Tru-Test, estarão à disposição dos visitantes para trocar informações e comentar as boas práticas entre os países.

Conheça as empresas neozelandesas participantes do evento:

LICNZBrasil

A LICNZBrasil é a principal empresa de melhoramento genético da Nova Zelândia. A empresa atua como cooperativa de produtores com mais de 70% do mercado de sêmen bovino leiteiro. Três em cada quatro vacas leiteiras neozelandesas são inseminadas com os touros da bateria da LIC. O sêmen comercializado no Brasil pela LICNZBrasil traz em sua genética várias características imprescindíveis para o rebanho leiteiro. A LICNZBrasil nasceu em 2014 com a fusão entre a LIC (Livestock Improvement Corporation) e a NZBrasil, importadora de sêmen, que desde 1998 vem trazendo a melhor genética da Nova Zelândia para o Brasil.

PGW Sementes

A PGG Wrightson Seeds é a maior empresa de sementes forrageiras de inverno do hemisfério sul. A empresa é especialista em sistemas de produção a pasto e oferece ao mercado sementes que melhoram a rentabilidade da pecuária. A empresa é a única a realizar melhoramento genético na América do Sul em parceria com instituições de vários países. A PGG possui um convênio com o INIA, do Uruguai, e a Grasslanz Innovations, da Nova Zelândia. Por meio desta aliança são plantadas anualmente, entre 18 e 20 mil plantas isoladas de mais de 400 linhagens diferentes.

Tru-Test

O Grupo Tru-Test é o líder mundial na fabricação de balanças eletrônicas para animais e em equipamentos para medição de leite. De cada 5 balanças e medidores de leite vendidos no mundo inteiro, 4 foram levam a marca Tru-Test. Também lideram a fabricação de equipamentos de cercas elétricas e acessórios comercializadas por meio das marcas Speedrite, Patriot, Terko, Stafix e PEL. A empresa tem permanente preocupação com a capacitação do produtor rural, para perfeita adequação e uso das soluções vendidas. A Tru-Test está presente no Brasil há mais de 22 anos com grande conhecimento do agronegócio brasileiro.

Pacific Aerospace

A empresa está lançando no Brasil o monomotor turboélice P-750 XSTOL. A empresa desenvolve e fabrica, desde 1954, aviões utilitários mundialmente reconhecidos pela robustez, facilidade manutenção e excelente desempenho, além de baixo custo operacional. Uma das principais características do P-750 XSTOL é a decolagem e pouso em pistas extremamente curtas, no peso máximo de decolagem. Considerado uma “picape aérea”, o P-750 XSTOL é uma aeronave multitarefas, que tem dez diferentes configurações de uso, com um kit de conversão rápida que permite alternar a versão de 8 passageiros para frete de carga em poucos minutos. A aeronave é capaz de carregar 1769 kg de carga, são 300 kg mais peso que outros aviões da mesma categoria. A Pacific Aerospace, ao longo de mais de 60 anos, produziu mais de 600 aeronaves, exportadas para diversos países. A empresa nomeou a Aerie Aviação Executiva como representante exclusivo para o mercado brasileiro.

Education New Zealand

A pecuária leiteira é fundamental para a economia da Nova Zelândia e o estímulo à pesquisa e inovação têm sido uma característica marcante. Com investimentos robustos em educação, pesquisa e tecnologia, o agrobusiness do país se tornou um dos mais desenvolvidos do mundo. Neste sentido, são muitas as formações oferecidas pelas instituições de ensino neozelandesas em áreas como Biotecnologia, Agronomia, Zootecnia, Veterinária e muitas outras voltadas à sustentabilidade na Agricultura. Para conhecer um pouco mais sobre as possibilidades de estudo no país, Ana Azevedo, Market Development Manager da Education New Zealand, estará à disposição para orientar os visitantes.

Voltar ao início