Está aberta a temporada de vinhos neozelandeses

A Nova Zelândia tem nos meses de janeiro e fevereiro seus principais eventos de vinhos do país. É nesse período que acontecem Pinot Noir NZPinot Palooza Wellington, bem como simpósios de tintos e aromáticos, todos promovidos pela New Zealand Wine Growers.

Jorge Lucki, um dos maiores especialistas em vinhos do Brasil, foi à Nova Zelândia acompanhar os eventos e conhecer os segredos dos melhores vinhos do país. Com um roteiro que contempla visita às principais regiões vinícolas, Lucki tem compartilhado sua rica jornada em boletins diários transmitidos pela rádio CBN. No primeiro deles, elogiou os pinot noir neozelandeses, dizendo que se equiparam aos da Borgonha. De acordo com o especialista, esse estilo de vinho produzido fora da região francesa costuma ser muito pesado e alcóolico.

Jorge Lucki é membro-fundador da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS) e da SBAV (Sociedade Brasileiro dos Amigos do Vinho). Ele é membro da Académie Internationalle du Vin e autor dos livros "A Experiência do Gosto" and co-autor do livro "Conheça Vinhos". É, ainda, colunista no Valor Econômico, comentarista da CBN e colaborador da Prazeres da Mesa.

Os boletins diários diretamente da Nova Zelândia são transmitidos pela rádio CBN na Coluna "Momento do Brinde", também disponíveis aqui.

Voltar ao início